Karin com Você
Você está Lendo
Sustentabilidade na moda: 6 atitudes que você pode tomar para ajudar o planeta !!
0

Sustentabilidade na moda: 6 atitudes que você pode tomar para ajudar o planeta !!

Você já ouviu falar em sustentabilidade na moda e sabe como pequenas escolhas do dia a dia podem ajudar o nosso planeta?

Você sabia que, por ano, a indústria da moda produz cerca de um bilhão de toneladas de gases que causam o efeito estufa ? 

De acordo com dados da ABIT, a indústria da moda gera cerca de 175 mil toneladas de resíduos têxteis.

Só na cidade de São Paulo, as regiões de Brás e do Bom Retiro produzem 2 toneladas de lixo têxtil por dia,o que dá um total de 730 toneladas por ano.

Com números tão alarmantes e que sobem cada vez mais, o conceito de moda sustentável tem crescido bastante. 

Após a pandemia, a indústria da moda começou a se conscientizar cada vez mais sobre a necessidade de diminuir a emissão de gases poluentes e a produção de lixo. 

Hoje em dia, a moda sustentável é dividida em 5 pilares que são:

  1. Recusar– este conceito está relacionado a recusar o uso de roupas e acessórios de empresas fast fashion 
  2. Reduzir- a emissão de gases, o lixo e o consumo
  3. Reusar– Peças e outros materiais
  4. Reciclar e transformar peças e materiais em novos itens
  5. Compostar– Usar alguns materiais específicos como adubo para plantas

Contudo, a responsabilidade com o planeta não está apenas na mão das marcas e lojas. É muito importante que nós também façamos a nossa parte para tornar a indústria da moda menos poluente.

Veja então 6 atitudes que você pode começar a tomar   agora mesmo!

Sustentabilidade Na Moda: 6 Atitudes Para Ser Mais Sustentável !

1- Sustentabilidade Na Moda: Invista em peças de qualidade 

Ter poucas e boas peças de roupas é uma das melhores formas de ser sustentável na moda. 

O motivo é muito simples!

Uma peça de qualidade tem uma durabilidade muito maior do que uma peça feita com material de baixa qualidade como o poliéster, por exemplo, onde  são gastos cerca de 70 milhões de barris de petróleo por ano para produzir esta fibra. 

Neste sentido, o conceito de armário cápsula vem crescendo muito, principalmente após a pandemia.

Assim, investir em um armário com poucas, mas boas peças é uma ótima forma de ser uma consumidora mais consciente. 

2- Prefira o slow fashion ao fast fashion

 Você sabia que uma peça de Fast Fashion dura em médias 5 lavagens e seu tempo de vida útil não passa de 35 dias?

 Além disso, uma roupa de Fast Fashion emite  cerca de 400% mais carbono que uma peça de qualidade feita para durar um ano ou mais.

Quem trouxe esses dados alarmantes foi a revista Forbes que publicou um artigo mostrando os impactos que o mundo da moda gera ao meio ambiente.

Mas, afinal o que é fast fashion?

O fast fashion é um sistema que se baseia na produção em massa e no uso de mão de obra barata.

Assim, este modo de produção causa um impacto negativo no meio ambiente assim como também gera impactos socioeconômicos irreversíveis.

Este modelo de negócio é pensado para suprir de forma rápida e recorrente a demanda por roupas e acessórios.

Para isto, as lojas que adotam este sistema trocam constantemente de coleção. Na maioria das vezes o preço das peças são bem baixos assim como a qualidade  das mesmas.

 Desse modo, o consumidor acaba sendo levado a comprar mais e mais  tanto pela qualidade  baixa da peça quanto pelo esgotamento rápido dos produtos que gera aquela sensação de urgência.

Em contrapartida, o slow fashion dá prioridade para a produção local  o que faz com que sua escala de produção seja bem  menor, o que resulta em peças de mais qualidade e menos desperdício tanto por parte da loja quanto por parte do consumidor.

Sustentabilidade Na Moda: 6 Atitudes Para Ser Mais Sustentável !  / fast fashion

3-Sustentabilidade Na Moda: Compre de marcas comprometidas com o meio ambiente 

Outra forma de fazer a sua parte é comprar roupas apenas de marcas comprometidas com o meio ambiente.

Assim se atente se aquela marca que você adora apoia alguma causa ambiental e principalmente, procure saber como é o processo de produção das roupas e acessórios.

Prefira marcas que não usem tecidos de origem animal na fabricação de roupas, bolsas e sapatos, marcas que não poluem o meio ambiente, não desperdiçam dejetos, reciclem seus materiais etc. 

4- Evite o desperdício 

Depois da indústria do petróleo, a  indústria da moda é a que mais gera impacto no meio ambiente, não só pela emissão de gás carbônico, mas também pelo desperdício o que contribui muito para a produção de lixo.

Segundo a Forbes, nos EUA os americanos jogam cerca de 32 quilos de roupa por ano. 

Assim, uma forma de evitar o desperdício é doar ou vender aquelas peças que você não curte mais.

Hoje em dia, existem vários aplicativos onde você pode anunciar e vender as peças usadas.

Outra forma muito interessante de evitar o desperdício é através do uso de técnicas de customização e de Upcycling.

A customização consiste em transformar uma peça através da adição de   alguns elementos como paetês, tecidos etc.

Já o Upcycling consiste em transformar uma peça antiga em outra totalmente nova ou aproveitar retalhos de roupas de coleções anteriores. 

Sustentabilidade Na Moda: 6 Atitudes Para Ser Mais Sustentável !  / upycling

5-Sustentabilidade Na Moda: Compre em brechós 

Os brechós são um dos melhores aliados da moda circular e sustentável. Afinal, todo o processo envolvido para produzir uma só peça de roupa causa danos enormes ao planeta. Por ano, são gastos cerca de 93 bilhões de metros cúbicos de água na produção de peças de vestuário etc.

Assim, reutilizar roupas, sapatos e acessórios  é uma das melhores formas de diminuir o impacto que a indústria da moda causa no meio ambiente.

Por isso, sempre que puder dê aquela garimpada nos brechós da sua cidade ou até mesmo em brechós online. 

Sustentabilidade Na Moda: 6 Atitudes Para Ser Mais Sustentável !  / brechós

6- Sustentabilidade Na Moda: Diminua o consumo 

Reduzir o consumo sem dúvida é uma das principais atitudes que você pode tomar no seu dia a dia para diminuir o impacto da indústria da moda no meio ambiente.

Afinal, para atender a uma demanda constante e gigantesca de consumo,  as marcas e empresas precisam retirar cada vez mais matérias primas do meio ambiente,usar uma grande quantidade de  energia elétrica e de água etc.  

Todo este processo é extremamente prejudicial ao meio ambiente pois aumenta a emissão de gases poluentes, poluição geral e destrói diversos ecossistemas.

Além disso, cada vez mais as peças produzidas pela indústria têm menor qualidade e consequentemente menor tempo de vida útil. 

Assim, ser um consumidor consciente é fundamental, por isso evite comprar por impulso e resista a promoções, onde certamente, você vai comprar algo que não precisa.

Pense bastante antes de comprar uma peça e avalie se você vai de fato usá-la  ou vai ser mais uma peça entre milhares que vão ficar paradas no seu closet.

Conhecer o seu próprio estilo é uma ótima forma de evitar o consumo exagerado de roupas, sapatos e acessórios que você não vai usar. 

Sabendo do que você gosta, quais são as peças que valorizam o seu corpo e qual mensagem você quer passar com a sua imagem faz com que você evite investir em peças que não fazem sentido para você e que provavelmente ficarão paradas no seu armário. 

Se você não sabe qual é o seu estilo então veja quais são os 7 estilos universais da moda: Você sabe qual é o seu?

Aproveite e siga também a Karin Matheus no Instagram para mais dicas de empoderamento, moda, estilo e sustentabilidade!